Forbidden Colours

    Feridas incuráveis,
    Marcas condenatórias.
    Mãos esperando o toque,
    Vetadas estão.
    Frente a Frente
    E com uma vida de distância entre nossos lábios
    Finjo acreditar nas verdades impostas.
    Pensei que bastava crer;
    Na crença manter-me-ia longe de você.
    Somos inevitáveis.
    Somos pecadores na vontade.
    Aprendi a seguir com os sentimentos fervilhando sob a pele.
    Meu amor pintado em cores proibidas.
    Minha vida hesita,
    Cai,
    Errando em você novamente.


    Confira o texto também no RECANTO DAS LETRAS.



    Leave a Reply

    "Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

    LEIA,
    PENSE,
    COMENTE!

    Obrigada pelo seu Comentário!!

    Luiz F. Veríssimo

    "Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar. Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu."

    Anaïs Nin

    Anaïs Nin

    Anaïs Nin

    "Você vive assim, protegido, em um mundo delicado, e você acredita que está vivendo. Então você lê um livro... ou vai fazer uma viagem... e você descobre que não está vivendo, que está hibernando."

    Marcello Mastroianni

    "Acho que todos somos um pouco como Dom Quixote: Certas ilusões são mais fortes que a realidade."