No Correr do Dia

    Ao som de "The Beatles" acordo. Espreguiço-me. Abro os olhos. Levanto de supetão. Calço minhas pantufas. Vou até o banheiro. Lavo a cara. Escovo os dentes. Uma olhada no espelho. Desço. Esmago a Yasmin. Acaricio o Frederico Evandro. Checo a internet (e-mail, orkut, site, twitter, ...). Subo. Escolho a roupa. Maquilo-me. Já está na hora de ir. Pego um "Club Social". Chego ao trabalho. Mais computador. Leio. Telefone. Escrevo. Verifico os prazos. Já é hora do almoço? Vou para a casa. Reabasteço-me. Ajeito a cozinha. Uma conferida no visual. Devolta ao labor. Confecciono peças. Atendo clientes. Pausa para risadas e um café. Telefone. Dúvidas via MSN. Lendo e escrevendo. Enviando alguns e-mails. Aproveito para dar uma olhada na net. Meu deus, já 18h00min? Em casa. Coloco a conversa em dia. Janto. Acaricio a Yasmin. Esmago o Frederico Evandro. Estudo. Pausa para minha série preferida. Acho que vou escrever um pouco. Reencontro um amigo on-line. Conversas inesquecíveis. Apresentam-me uma nova banda. Leio a crítica de um novo filme. Risos. Termino meu texto. Nem percebi, já é amanhã. Hora de dormir. Aconchego-me. Penso um pouco. O sono vem. Até o despertador tocar. Então, recomeço.

    Confira o texto também no RECANTO DAS LETRAS.



    3 Responses so far.

    1. Manú says:

      Ah, o cotidiano. Todas as mínimas coisas já memorizadas no corpo. :)
      muito bom.
      Abraços,
      http://manusoaress.blogspot.com/

    2. Hahahahhahahahha que dia legal hein!

    3. Muito legal esse teu dia...! Gostei.. Bom mesmo!
      http://lollyoliver.wordpress.com/2011/08/28/855/

    Leave a Reply

    "Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

    LEIA,
    PENSE,
    COMENTE!

    Obrigada pelo seu Comentário!!

    Luiz F. Veríssimo

    "Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar. Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu."

    Anaïs Nin

    Anaïs Nin

    Anaïs Nin

    "Você vive assim, protegido, em um mundo delicado, e você acredita que está vivendo. Então você lê um livro... ou vai fazer uma viagem... e você descobre que não está vivendo, que está hibernando."

    Marcello Mastroianni

    "Acho que todos somos um pouco como Dom Quixote: Certas ilusões são mais fortes que a realidade."