Sazonal

    Quando o inverno atormenta,

    Alguns afirmam que o amor nasce para aquecê-lo.
    Um fogo brando e seguro.
    Esquenta, não queima.
    Quando o outono desponta,
    Uns insistem que o amor é folha.
    Que cai, que dança,
    Que permite a beleza envelhecida.
    Naquele dourado, cada qual com sua cor.
    Quando a primavera floresce,
    Eis que os doces divagam,
    O amor é cheiro, perfume,
    Único, entontecedor e frágil.
    Quando o verão vira a página,
    Dizem que o amor é quente.
    Vermelho da volúpia do desejo.
    Do calor refém,
    Em meio a corpos sinceros.
    Eu digo que o amor não tem estação.
    É a flor
    Que por entre as adversidades do ano, adapta-se.
    Ela é feita conforme seus portadores.
    Ou forte, levemente embrutecida, e rústica.
    Ou suave e adocicada.
    O sentimento é flor.
    E você,
    Só a sua semente.


    Confira o texto também no RECANTO DAS LETRAS.



    3 Responses so far.

    1. Lindo!! Faz jus ao título. Aliás, cada hora o amor muda, e talvez essa seja a graça, a expectativa

    2. O amor muda, ou somos nós que mudamos com ele?
      Lindo poema.

      http://olhareseleituras.blogspot.com/

    3. Gosto da ideia do amor como a flor que se adapta às diversas estações. Embora um tanto surrado, o tema é bem desenvolvido no poema.
      Abraços e sucesso com o blog!

    Leave a Reply

    "Nunca houve no mundo duas opiniões iguais, nem dois fios de cabelo ou grãos. A qualidade mais universal é a diversidade." [ Michel de Montaigne ]

    LEIA,
    PENSE,
    COMENTE!

    Obrigada pelo seu Comentário!!

    Luiz F. Veríssimo

    "Não deixe que a saudade sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar. Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu."

    Anaïs Nin

    Anaïs Nin

    Anaïs Nin

    "Você vive assim, protegido, em um mundo delicado, e você acredita que está vivendo. Então você lê um livro... ou vai fazer uma viagem... e você descobre que não está vivendo, que está hibernando."

    Marcello Mastroianni

    "Acho que todos somos um pouco como Dom Quixote: Certas ilusões são mais fortes que a realidade."